Cultura cigana

“Era um acampamento cigano! No centro, mulheres com vestidos floridos cantavam agachadas ao redor da fogueira. Em volta dela, uma jovem dançava em círculos, de braços erguidos serpenteando acima da cabeça, as mãos graciosas girando no alto. Os homens, absortos em conversas, nem reparavam nas brincadeiras das crianças, que corriam por entre suas pernas. Os ciganos eram um colorido”. O trecho do livro de contos “Palavra Cigana”, de Florencia Ferrari, pode descrever um lado da cultura cigana (…)