Home

Por Giulia Simcsik

Ícone natalino uma vez por ano e símbolo econômico todos os dias. A Avenida Paulista, com o neon das horas e seu pisca pisca, descritos por Laura Finocchiaro em uma de suas músicas, completou 121 anos de pura maestria, lucro e sucesso. Encanta durante o mês de dezembro por suas luzes multicoloridas, seus personagens natalinos e por preencher a cidade com um clima mais pacifico e tranquilo, raramente percebido em outras ocasiões.

Apesar desse encantamento passageiro e importantíssimo a maioria dos paulistanos, a mais famosa avenida de São Paulo possui seus encantos diários, suas marcas e seus segredos. Alguns deles não passam despercebidos, outros, no entanto, raramente são notados por nativos e por turistas. Diversos encantos já não mais fascinam, pois compõem a paisagem de muitas outras partes do mundo; outros portentam, pois, agrupados aos pedestres e a outros elementos da Avenida, foram visões nunca antes imaginadas.

Alguns marcos culturais do bulevar como o Museu de Arte de São Paulo (MASP),  o Parque Trianon e a Casa das Rosas são visitados diariamente por centenas de pessoas e sempre oferecem atrativos gratuitos ou a preços acessíveis para todos.  O MASP, inaugurado pelo irreverente Assis Chateaubriand, se coloca como o primeiro centro cultural de excelência do Brasil, apresenta exposições e obras de arte fascinantes, e abriga, principalmente aos finais de semana, uma feirinha de arte que mistura comidas típicas de várias regiões do país, com roupas e objetos artesanais, além de antiguidades.

MASP. Foto: Reprodução

MASP. Foto: Reprodução

Já a Casa das Rosas foi projetada pelo arquiteto Ramos de Azevedo (muito famoso na época), possui 30 cômodos e um jardim inspirado no do Palácio de Versalhes, na França. Foi desapropriada e tombada no final da década de 80, após anos de restauração, com patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura, se tornou a casa que conhecemos hoje, responsável por mostras de arte temporárias e saraus. Além disso, em 2009 foi reinaugurada como o primeiro espaço publico do país voltado a poesia, recebeu o nome de Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura e é acervo das obras do poeta, tradutor e ensaísta que inspirou seu provimento. Há pouco tempo abriu um café com mesinhas super charmoso, que permite fugirmos da bagunça paulistana para respirarmos um ar um pouco mais puro e admirarmos o verde em meio a tanto concreto.

Casa das Rosas, em desenho do artista Taro. Foto: Reprodução

Casa das Rosas, em desenho do artista Taro. Foto: Reprodução

Para fazer jus ao titulo de ícone econômico de São Paulo, a Paulista abriga pelo menos 6 filiais do Banco Bradesco,  5 do Banco do Brasil e 15 do Banco Itaú. O Banco Santander, por sua vez, possui 9 filiais e, para completar, filiais da Caixa Economica Federal,  do HSBC e do Citibank também conseguiram seu espaço na tão disputada Avenida.

Banco de La Nacion Argentina. Foto: Reprodução

Banco de La Nacion Argentina. Foto: Reprodução

Constam no catalogo de agências bancárias, além das citadas, as sedes do Banco Daycoval, voltado para o crédito e do Banco Tókyo-Mitsubishi. Por fim, as sedes dos vistosos Banco Safra, preferidos dos judeus da cidade, e do Banco de La Nación Argentina também tecem a teia econômica e arquitetônica paulistana.

E falando em arquitetura, é impossível não citar o edifício da FIESP (Federação das Industrias do Estado de São Paulo), surgido a partir de um concurso no qual os participantes foram desafiados a criar um edifício que se tornasse referência.

FIESP. Foto: Reprodução

FIESP. Foto: Reprodução

Os quase 3 quilometros de extensão, são completos por marcos importantes como a Igreja e o Edifício São Luis Gonzaga, que abrigam o Colégio de mesmo nome, fundado pelos padres jesuítas e inicialmente sediado em Itu; a fundação Casper Líbero e a Radio e Tv Gazeta que formam um complexo cultural somadas ao Teatro Gazeta e ao Cinema Reserva Cultural; o Hospital Santa Catarina, com sua belíssima fachada; o Instituto Pasteur, que desde sua fundação busca a resolução de problemas ligados à saúde pública, principalmente da raiva e, por fim, a Escola Estadual Rodrigues Alves, única escola pública da Avenida Paulista, projetada por Ramos de Azevedo no inicio do século XX e tombada como patrimônio histórico da cidade.

Hospital Santa Catarina, Fundação Gazeta, Instituto Pasteur e Escola Rodrigues Alves

Hospital Santa Catarina, Fundação Gazeta, Instituto Pasteur e Escola Rodrigues Alve

E que cenário maravilhoso você verá se tiver mínimos segundos do seu precioso tempo para admirar as

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

antenas da Paulista e os poucos edifícios antigos que restaram por lá. Emissoras como a Gazeta e a Globo deixaram seu marco metalizado, além de outras antenas menores que, somadas, totalizam pelo menos 15.

Dos edifícios antigos, além da Casa das Rosas, do Instituto Pasteur e da Escola Pública, restaram apenas um casarão de autor desconhecido, a mansão que abrigava o barão do café Joaquim Franco de Mello, hoje pertencente aos seus descendentes e a Casa das Uvaias. Muitos dos casarões foram destruídos pelos escondido nas sombras dos grandes e atualizados arranha-céus, o Edifício Dumont-Adams: comprado por uma parceria do MASP com a operadora telefônica VIVO que fez os admiradores e outros interessados na construção, passarem por momentos aflitivos, ao anunciar uma possível demolição, vetada na justiça. Muitas propostas já foram feitas para a transformação e reformulação do prédio que, atualmente, passa por uma reforma que não será concluída no prazo estipulado e que guarda seu futuro em segredo.

Edificio Dumont - Adams. Foto: Reprodução

Edifício Dumont – Adams. Foto: Reprodução

Uma Avenida que começa no Paraíso e termina na Consolação. Começa na praça que homenageia o cientista, médico e sanitarista brasileiro Oswaldo Cruz e termina na praça que faz deferência aos ciclistas (os corajosos da cidade!). A famosa avenida da Parada Gay, das manifestações, dos fatos e pessoas inéditos. Nossa querida e simbólica Avenida Paulista.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s