Home

Por Gislene Yura

O fato é que todos vamos morrer um dia. Mas quase nenhum de nós se preocupa com o dia que isso vai acontecer. Por isso que, além da tristeza, os familiares também têm que arcar com os custos, elevados, do serviço funerário. A prefeitura da cidade administra 12 agências de serviço funerário. Cabe a uma autarquia da prefeitura cuidar de toda prestação de serviços da população de São Paulo, administrar os cemitérios públicos e fiscalizar os particulares.

Tabela agências funerárias

O primeiro passo a fazer quando uma pessoa morre é escolher um responsável, de preferência um familiar próximo, que junte todos os documentos exigidos por lei e a certidão de óbito, e procure uma das funerárias, a mais próxima da residência, para entrar com as providências do sepultamento ou cremação. O serviço funerário auxilia a família na escolha do caixão, horário de velório e sepultamento ou cremação, indicação de cemitério disponível se a família ainda não possuir um. Os preços variam de acordo com a posse financeira de cada um.

SERVIÇO FUNERÁRIO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO /

TABELA DE PREÇOS DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS FUNERAIS TABELA ANEXA A RESOLUÇÃO Nº 024/09

Variação dos preços:

  • urna/ caixão R$6.910,00 a  R$156,00
  • carro enterro/ remoção R$965,10 a R$15,20
  • enfeite floral R$542,80 a R$16,20
  • paramentos R$241,40 a R$4,30
  • aparelho ozona R$30,10 a R$1,00
  • mesa de condolência R$30,10 a R$1,00
  • véu R$30,10 a R$1,60
  • velas 3/4 – 4 unidades – R$30,10 a R$1,60
  • velório R$965,10 a R$26,00
  • taxa de sepultamento R$753,90 a R$13,20
  • carreto essa/ caixão R$663,60 a R$7,70
  • urnas/ caixas anormais R$8.292,00 a R$187,20
  • revestimento completo R$723,80 a R$17,00
  • fundo impermeável R$512,60 a R$9,80

Todos esses serviços também podem ser grátis.


Se o morto não tiver um lugar particular já comprado, a família pode adquirir um local ou até alugar. Os preços para se comprar um jazigo variam de R$11.637,88 até R$2.382,37  e o aluguel de terrenos em cemitérios variam de R$19.373,14 em uma área de 5,29 o m2 nos cemitérios mais nobres como Consolação, São Paulo e Vila Mariana até R$1.032,78 o metro quadrado em cemitérios mais acessíveis como Dom Bosco e Vila Nova Cachoeirinha.

Se o serviço de aluguel for o escolhido, ao final de 3 anos a família deverá pedir a exumação dos restos mortais e guardá-los num ossário, ou providenciar a cremação.  O preço da gaveta é R$657,38 e o ossário R$21,20.

Preços da cremação

TABELA DE CREMAÇÃO ANEXA A RESOLUÇÃO N 024/09

  • cremação de membros R$47,20
  • cremação de corpos exumados semi-intactos R$297,00
  • ossos R$47,20
  • aluguel câmara frigorífica 24h R$40,25
  • urnas para cinzas madeira adulto R$32,25
  • urnas para cinzas madeira menor R$23,40
  • urna para cinzas de cobre adulto R$108,65
  • urna para cinzas de cobre menor R$53,90
  • urna para cinzas tipo frasqueira R$271,20
  • urna para cinzas em mármore formato estojo com apliques em mármore R$206,35
  • urna para cinzas em mármore formato estojo com apliques em bronze R$254,40
  • urna para cinzas formato gota de resina R$600,00
  • urna para cinzas em resina formato estojo R$ 582,50
  • urna para cinzas em resina formato ampulheta R$662,50
  • urna para cinzas formato gota de bronze R$912,50
  • urna para cinzas em bronze formato livro com ou sem pergaminho R$999,50
  • urna para cinzas em bronze formato golfinho simples R$1.545,00
  • urna para cinzas em bronze formato golfinho duplo R$3.049,40

Os preços das urnas variam de R$1.100,00 o tipo diamante até R$82,80 o tipo opala.

Documentos para o funeral

  • Atestado de óbito assinado por um médico para sepultamento. No caso de cremação, dois médicos deverão assinar o atestado;
  • Cédula de Identidade;
  • Certidão de Nascimento (em caso de falecidos menores) ou Certidão de Casamento;
  • Carteira Profissional;
  • Título Eleitoral; Certificado de Reservista;
  • CPF; Cartão do INSS; PIS/PASEP.
  • A falta de qualquer documento, exceto do atestado de óbito, não impede a contratação do funeral.

Fonte: Prefeitura de S.Paulo

Em São Paulo, o sepultamento pode ser feito em um dos 22 cemitérios municipais, 18 cemitérios particulares ou no único crematório municipal. Aqui morrem cerca de 220 pessoas por dia.

O negócio

Tobias de Jesus, 75 anos, é dono de uma funerária há 51 anos “É um negócio de família, a família é do ramo há tempos”.

Ele esclarece que um enterro mais caro ou mais barato depende do caixão “O preço de um funeral varia de 500 a 4.000 reais, a funerária disponibiliza todos os serviços se a família assim o desejar, desde a compra do caixão, as flores, a organização do velório”. Com relação à cremação, os preços também variam, de 3.000 na capital a 1.600 no interior “A procura pela cremação está aumentando. Cada vez mais pessoas querem ser cremadas” completa. Tobias aconselha o uso de convênio funerário “É mais prático, ninguém sabe quando vai morrer. Você fazendo essa poupança mensal, evita um problema para os familiares que já estão tristes pela perda. O convênio arca com todos os custos”, explica. “É um negócio como outro qualquer. Alguém tem que fazer. Não vejo problema algum, o negócio é de família e sempre convivi com isso”, complementa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s